Bem Vindo !

A Biblioteca Escolar do Agrupamento de Escolas de Sardoal dedica este espaço a todos os que queiram participar nas atividades connosco.

terça-feira, 22 de novembro de 2022

Teatro – A Maior Flor do Mundo

O palco do Centro Cultural Gil Vicente recebe no dia 26 de novembro, pelas 16 horas, a peça “A Maior Flor do Mundo” pela Atrapalharte com a participação da Filarmónica União Sardoalense. A iniciativa enquadra-se na comemoração do 25.º aniversário da Biblioteca Municipal de Sardoal e do centenário do Prémio Nobel da Literatura, José Saramago, que se assinala a 16 de novembro. “A Maior Flor do Mundo” é “um conto para todas as idades que mostra às crianças a beleza da natureza e relembra aos adultos a sua infância”. Na sinopse da obra pode ler-se: “E se as histórias para crianças passassem a ser de leitura obrigatória para os adultos? Seriam eles capazes de aprender realmente o que há tanto tempo têm andado a ensinar?” A Atrapalharte – Produções Teatrais existe desde 2012 e com a participação especial da Filarmónica União Sardoalense irão dar vida a esta obra que faz parte do Plano Nacional de Leitura. Um espetáculo para toda a família com entrada gratuita, mas sujeita ao levantamento de bilhete.

2.º Festival da Couve de Valhascos com Azeite Novo

O 2.º Festival da Couve de Valhascos com Azeite Novo terá lugar no fim de semana de 26 e 27 de novembro numa organização conjunta da Associação Cultural e Desportiva de Valhascos em parceria com este Município, a Junta de Freguesia de Valhascos e a TAGUS – Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Interior. O evento terá início às 17 horas de sábado, dia 26, com a apresentação de uma exposição temática e uma conversa sobre a Couve de Valhascos, seguindo-se o jantar às 20 horas com uma ementa confecionada pelo Chef Fernandes. A noite será ainda animada musicalmente pelo grupo 5 Tons. No dia 27 de manhã, domingo, decorrerá uma Caminhada subordinada ao tema “Por entre o Fio de Azeite e a Couve de Valhascos” e um mercado com venda de produtos agrícolas, agroalimentares e artesanato da região. À tarde, pelas 15 horas, terá lugar um Curso de Vinhos pelo Enólogo Fábio Fernandes. A participação nas iniciativas do Festival está sujeita a inscrição, que pode ser efetuada na Associação Cultural e Desportiva de Valhascos, através do telemóvel 969 848 579 ou online em https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScCuZI67806CUk2MslyYewszxzIqmLSoNzDvdl47LS_SknNwQ/viewform. O Festival tem como objetivo divulgar a couve e o azeite, com forte tradição no nosso Concelho, contribuindo para a afirmação e preservação da gastronomia típica sardoalense. A Couve de Valhascos tem sido alvo de diversos estudos genéticos, agronómicos, bem como das suas propriedades nutricionais e gustativas. Pertencendo à família das couves tronchudas, é uma couve de grande porte, e produz um repolho central, bastante compacto e pesado, de cor verde-escura. Acredita-se que a sua qualidade está relacionada com a localização geográfica da aldeia, cujo terroir enaltece as suas melhores características.

terça-feira, 15 de novembro de 2022

Cinema: Apresentação

Youngho é convocado pelo pai que é médico. Encontra-o ocupado com os pacientes, um dos quais é um ator famoso. Youngho tem de esperar. Quando a sua namorada, Juwon, se muda para Berlim para estudar, Youngho aparece na cidade para surpreendê-la. Através da mãe, Juwon encontra acomodação na casa de uma artista cuja beleza a intimida.

Teatro – Auto da Barca do Inferno

O GETAS vai levar à cena no próximo dia 19 de novembro, pelas 21 horas, a peça “Auto da Barca do Inferno”, de Gil Vicente, tendo como palco vários locais emblemáticos da Vila. Com encenação de José Ramalho, diretor artístico do Teatro Figura, a realização deste espetáculo procura a utilização do espaço urbano do núcleo histórico da Vila como espaço cénico, privilegiando a Praça da República com o Pelourinho e o painel de azulejos ilustrando uma obra de Gil Vicente como epicentro. A encenação assenta, desta forma, num programa de peregrinação pela Vila de Sardoal, fazendo decorrer o espetáculo em quatro locais: Praça da República, Cadeia Velha, Igreja da Misericórdia e Igreja Matriz. O projeto artístico tem como objetivo central o uso de um texto clássico, cuja modernidade está presente nas dimensões sociológicas e psicológicas das personagens, corroboradas pela genialidade do texto e sua relação intemporal com o nosso quotidiano. Na perspetiva de trazer novos discursos estéticos, aportando novas linguagens, pretende-se provocar outros olhares, desafiando os públicos à descoberta do património, promovendo a sua valorização e a consciência da responsabilidade individual e coletiva da sua preservação. A iniciativa insere-se no projeto “Caminhos Literários”, que resulta de uma candidatura conjunta apresentada pelos Municípios de Abrantes, Constância e Sardoal ao Programa Operacional Regional do Centro 2014-2020. O projeto, que explora os territórios ligados a António Botto, Camões e Gil Vicente, pretende disponibilizar o usufruto da arte em locais públicos e de acesso livre e trará a estes territórios vários espetáculos de música, artes visuais e cinema documental, entre outros.

“O Processo” de Diogo Batáguas

O Centro Cultural Gil Vicente recebe no próximo dia 18 de novembro o espetáculo de Stand Up Comedy “O Processo” de Diogo Batáguas. Após ter esgotado a bilheteira para a primeira sessão, foi aberta uma nova sessão que terá lugar às 18 horas e cujos bilhetes podem ser adquiridos na bilheteira do Centro Cultural Gil Vicente ou no TicketLine. Diogo Batáguas é um dos comediantes mais conhecidos da atualidade, nomeadamente no seu canal de YouTube no qual tem mais de 237 mil seguidores. Depois do sucesso websérie, o espetáculo de Stand Up Comedy de Diogo Batáguas apresenta-se nos palcos. Na sinopse pode ler-se: “Diogo Batáguas é um humorista que se vê envolvido em diversos processos judiciais e que é processado por um famoso artista pop, por um juiz mediático e com várias outras ameaças à perna. No espetáculo, o Diogo procura a sua defesa e mostra o seu ponto de vista sobre a situação em que se viu enredado. Quais as suas dificuldades, dúvidas, questões relativas à liberdade de expressão e diligências jurídicas, numa construção de monólogo humorístico, em que fará uma introspeção relativamente àquilo que foi a sua conduta. Das suas próprias dúvidas e tentações, sairá a sua verdade.” Bilhetes à venda em Ticketline ou na bilheteira do Centro Cultural

segunda-feira, 14 de novembro de 2022

Dia Nacional do Mar

A celebração do Dia Nacional do Mar teve origem na "Convenção das Nações Unidas sobre o Direito do Mar", que entrou em vigor a 16 de novembro de 1994. Portugal ratificou o documento em 1997. Esta convenção é muito importante, pois é a partir dela que são estabelecidos, entre outros, os limites marítimos inerentes à Zona Económica Exclusiva e à Plataforma Continental. Portugal é um país fortemente ligado ao mar, ficando marcado para a posterioridade como o país dos Descobrimentos marítimos.

Encontro com Luísa Ducla Soares e Daniel Completo

 

No dia 9 de novembro, os alunos dos 3º e 4º anos encontraram-se com os autores Luísa Ducla Soares e Daniel Completo, de forma online, mas muito interativa e com animação
www.sitemaravilha.pt de Biblioteca Escolar

quinta-feira, 10 de novembro de 2022

Cinema: Sem deixar rastos

 Varsóvia, Polónia, 1983. Um caso de homicídio com motivações políticas abala a nação. Grzegorz Przemyk, estudante, ativista e fi lho da poeta oposicionista Barbara Sadowska, é espancado até à morte pela polícia por ter recusado mostrar o seu cartão de identidade.




Cinema: Suzanne Daveau

 Uma geógrafa e aventureira francesa nascida em 1925 conta a sua própria vida, cobrindo os anos de estudante durante a Segunda Guerra Mundial, as pesquisas de campo subsequentes em África e Portugal, os seus amores, a família, o feminismo, e as suas reflexões sobre a modernidade.



“Saramago na Biblioteca Municipal de Sardoal”

 No ano em que a Biblioteca Municipal de Sardoal comemora os seus 25 anos, assinala-se igualmente o centenário do nascimento de José Saramago, autor português e Prémio Nobel da Literatura.

Nesse âmbito, a Biblioteca Municipal promove, de 16 de novembro a 16 de dezembro, uma Mostra Bibliográfica intitulada “Saramago na Biblioteca Municipal de Sardoal”.
A iniciativa, que contempla várias obras de e sobre José Saramago existentes no acervo da Instituição, poderá ser visitada no horário de funcionamento da Biblioteca, de segunda a sexta-feira, das 9h00 às 12h30m e das 14h00 às 17h30m.



Tertúlias na Biblioteca

 A Biblioteca Municipal de Sardoal convidou o Clube de Filosofia de Abrantes a associar-se a ela na comemoração dos seus 25 anos em 2022, realizando cinco tertúlias para quem gosta de livros, leituras e boas conversas.

A última tertúlia decorre no dia 14 de novembro, pelas 15 horas, na Biblioteca Municipal e a conversa será em torno da obra “Como um Romance" de Daniel Pennac. A análise inicial será de Mário Pissara.
A entrada é livre.


Apresentação da obra (Novos) Caminhos Literários

 O Centro Cultural Gil Vicente recebe, no dia 12 de novembro às 18 horas, a apresentação da obra (Novos) Caminhos Literários, o resultado de um trabalho que envolveu escrita e fotografia, desenvolvido no âmbito do projeto intermunicipal “Caminhos Literários – Botto, Camões, Gil Vicente e outros que por cá passaram”.

A obra a ser apresenta resulta de workshops de escrita e fotografia, realizados em maio passado, com Afonso Reis Cabral e Pauliana Valente Pimentel. Os participantes foram selecionados através de um Open Call e são cinco na modalidade de escrita e três na modalidade de fotografia, sendo que são todos dos territórios envolvidos no projeto (Abrantes, Constância e Sardoal).
Os trabalhos constantes da obra reproduzem a visão dos artistas relativamente à região, a pormenores da mesma ou aspetos da sua história.
A iniciativa insere-se no projeto “Caminhos Literários”, que resulta de uma candidatura conjunta apresentada pelos Municípios de Abrantes, Constância e Sardoal ao Programa Operacional Regional do Centro 2014-2020. O projeto, que explora os territórios ligados a António Botto, Camões e Gil Vicente, pretende disponibilizar o usufruto da arte em locais públicos e de acesso livre e trará a estes territórios vários espetáculos de música, artes visuais e cinema documental, entre outros.



terça-feira, 8 de novembro de 2022

Enigma 4

Este mês de novembro é dedicado a José Saramago, pelo centenário do seu nascimento. O que sabes sobre este escritor português? Sabes que recebeu o Prémio Nobel da Literatura? Mas em que ano?
Aguardamos a tua resposta na biblioteca escolar.


Centenário de José Saramago

 No dia 16 de novembro celebra-se o Centenário de José Saramago, vem ver a nossa seleção das suas obras disponíveis na tua BE.